Delta do Parnaiba

O Delta do Parnaíba é considerado uma das mais belas paisagens do mundo. Está localizado entre os estados do Maranhão e Piauí tendo em Parnaíba sua porta de entrada. É um raro fenômeno da natureza que ocorre também no Rio Nilo, na África, e em Me Kong, no Vietnã. Sua configuração se assemelha a uma mão aberta, onde os dedos representam: Barra de Tutoia, Barra do Caju, Barra do Igaraçu, Barra das Canárias e Barra da Melancieira, que se ramificam, formando um grandioso santuário ecológico.

Origem

A história do Delta do Parnaíba se inicia com a descoberta, no século XVI, pelo explorador Nicolau de Rezende quando navegava pelo litoral nordestino e sofreu um acidente na divisa do Maranhão com o Piauí. Ele trazia uma grande quantidade de ouro em sua embarcação e acabou perdendo a carga nas águas da região. Ele permaneceu por mais de dezesseis anos aqui, mas não conseguiu recuperar o ouro.

Os índios Tremembés eram os habitantes nativos desta região naquela época. Eles eram chamados de “peixes racionais” por serem exímios nadadores. Outros navegadores se aventuraram pelas águas do Rio Parnaíba, explorando, fazendo incursões e divulgando as belezas e riquezas da região. O Conselho Ultramarino, órgão português de competência administrativa, determinou a sondagem do rio para verificar a viabilidade da construção de um porto e uma vila.

A atividade predominante no Piauí da época, era a pecuária. O comércio de gado era feito com comerciantes dos estados vizinhos, utilizando, principalmente, o rio e o mar para transporte das mercadorias.

Paisagem

Espelhos d´água, mangues, dunas, lagoas, animais silvestres, rios e praias com paisagens paradisíacas. Tudo isso com o sol brilhando forte o ano inteiro, é esse o cenário que o turista vai encontrar no Delta do Parnaíba, um arquipélago com 2.700 quilômetros quadrados de área, formado por mais de 70 ilhas.

O Delta faz parte do roteiro integrado de turismo Rota das Emoções, formado ainda pelos Lençóis Maranhenses (MA) e Jericoacoara (CE). Uma iniciativa do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e Ministério do Turismo, que desde 2005 uniu lideranças locais, empreendedores e entidades com o objetivo de desenvolver esta região. Em 2009, o destino foi eleito o Melhor Roteiro Turístico do país, pelo Ministério do Turismo.

Passeios ao Delta

O passeio pelo arquipélago começa pelo porto dos Tatus, na cidade de Ilha Grande a 9 quilômetros de Parnaíba, segunda maior cidade do estado e capital do Delta, onde todos os dias lanchas e barcos levam turistas para conhecer o santuário ecológico da região. O passeio em uma lancha com capacidade para cinco pessoas custa a partir de R$ 250,00 e o barco para 60 pessoas custa a partir de R$ 60,00 por pessoa.

Um dos destinos mais procurados da região, a Ilha das Canárias, segunda maior do Delta do Parnaíba perdendo apenas para ilha Grande, abriga um povoado de pescadores com mais de 2.500 habitantes. A ilha é área de preservação ambiental, faz parte da reserva extrativista marinha do Delta e sua população é distribuída em quatro povoados: Canárias, Passarinho, Torto e Caiçara. Existem pousadas e restaurantes e é um local ideal para pessoas interessadas no ecoturismo.

fonte: Delta Rio Parnaíba